Medicina Chinesa

A Medicina Chinesa, documentada desde há 5 mil anos, realiza o diagnóstico através de um principio energético do organismo. A consulta consiste na entrevista clínica e na observação da língua, e dos pulsos aos quais servem de meios de diagnostico.

Após o diagnóstico energético o plano de tratamento consiste na aplicação de agulhas filiformes em pontos especificos do organismo , com os seguintes beneficios para a saúde:

  • redução da dor;
  • redução da inflamação;
  • Estimulação do sistema imunitário;
  • Relaxamento muscular;
  • Sensação de bem estar;

Indicações

  • Foro locomotor: dores articulares, dor de costas, dor lumbar, dor ciática, lesões musculares, entorses,…
  • Foro psicológico : depressão,esgotamento nervoso, ansiedade, stress, insónia, medos, fobias,
  • Foro neurológico : recuperação de doenças neurológicas como o AVC, Paralisia facial
  • Foro imunológico: infeções de repetição
  • Foro dermatológico: psoriase, dermatite
  • Outras : deixar de fumar, excesso de peso

A Medicina Chinesa engloba outras temáticas como o tuína, a fitoterapia, dietética e auriculoterapia. O tuina consiste na massagem terapeutica, com o objectivo de estimulação de pontos de acunpuntura, visando corrigir o desequilibrio fisiológico do organismo e de alcançar efeitos curativos.

A fitoterapia,é um ramo terapêutico da medicina chinesa, baseado nas virtudes das plantas medicinais, são preparados de plantas chinesas, equilibradas sem produzirem efeitos secundários para o organismo.

A dietética, consiste no aconselhamento alimentar de forma a potenciar o equilibrio do organismo, perante o problema energético do paciente.

Acupunctura

Acupunctura é uma das técnicas milenares da Medicina Chinesa.

O seu objectivo é restabelecer o equilíbrio energético, promovendo a auto-cura do organismo de uma forma natural, sem o risco de efeitos secundários por vezes associados ao uso de agentes químicos.

Além de ser uma técnica que pode curar a grande maioria das doenças, tem-se revelado um óptimo complemento dos tratamentos alopáticos da medicina ocidental.

Acunpuntura

Alguns dos tratamentos mais comuns são:

  • lombalgia (dores nas costas)
  • cervicalgia (dores no pescoço)
  • hérnias
  • artrite/artrose
  • ciática
  • AVC
  • problemas menstruais/ginecológicos
  • insónia
  • hemiplegia
  • enxaqueca/dores de cabeça
  • ansiedade
  • depressão
  • cansaço/stress
  • vertigens
  • reumatismo
  • asma, gripe, sinusite
  • infertilidade (masculina e feminina),
  • osteoporose
  • preparação para o parto
  • etc.

Tui Na

Sistema terapêutico orientado pelos fundamentos da Medicina Tradicional Chinesa que utiliza manipulações para estimular pontos ou áreas específicas no corpo, com o objectivo de alcançar o equilibrio fisiológico e respectivos efeitos curativos.

O termo “tuina” significa “empurrar e agarrar”. A massagem tuina é uma técnica específica da Medicina Tradicional Chinesa, e não se confunde com a massagem comum:
Só é executada depois de um diagnóstico .

imagem2

Visa restabelecer desequilíbrios energéticos e não apenas um relaxamento muscular (ou seja, visa curar, ou contribuir para curar, doenças).
Inclui técnicas de manipulação capazes de corrigir quadros patológicos caracterizados por incorrecta posição articular.

A massagem tuina é aplicada nos mesmos pontos e ao longo dos mesmos meridianos que são usados em acupunctura, embora o terapeuta possa também julgar conveniente massajar toda uma zona do corpo.

imagem1

Ela incide sobretudo na circulação do chi (energia) e no Sangue – nutrindo e protegendo, dispersando, tonificando e harmonizando. O processo pelo qual a Tui Na reforça o qi, incide nas suas funções de formação e de circulação, e deste modo de controlo do Sangue.

A fim de exercer melhor a acção curativa na aplicação da prática clínica, as manipulações de Tui Na devem ser realizadas pelos princípios de MTC de diferenciação de síndromes para decidir o tratamento, que refere a aplicação de diferentes manipulações para diferentes síndromes.

Além disso, devemos salientar que o bom resultado do tratamento pela massagem será grandemente melhorado por um positivo relacionamento entre o profissional e o paciente.

No tratamento pela massagem, é necessário haver estreita coordenação entre ambos. Isso é particularmente verdadeiro para certas doenças em que o paciente deve ser submetido a um prolongado programa de automassagem e exercícios como acompanhamento do tratamento profissional.


Acordos disponíveis nesta especialidade:

logo
Especialidades

Osteopatia

Horários
Seg. a Sex. 9h - 13h > 14h - 20h
Sábado 9h - 13h
Contactos
Tel/Fax: 21 225 15 00
Telm: 96 851 43 29
Instalações
Últimas Notícias